Google Analytics 4: O que é e como atualizar?

A partir de 1 de Julho de 2023 já não será possível o tradicional Google Analytics Universal e todas as versões terão de ser migradas para o Google Analytics 4 (GA4). Esta nova versão do Google Analytics passa a ter um modelo baseado em eventos, e não em sessões, e permite obter uma visão unificada da jornada do cliente ao longo do website e App. Além disso, também oferece melhorias relativamente à privacidade dos utilizadores, à integração com outras apps do universo Google (como o Google Ads) e a disponibilização de inteligência artificial e machine learning para ajudar os Marketeers a chegar a conclusões relevantes com os dados apresentados. Conheça os benefícios de migrar para esta nova versão e também como atualizar o seu Google Analytics.

Google Analytics 4: O que é?

O Google Analytics 4 (anteriormente denominado “App + Web”) é um novo tipo de Google Analytics que permite unir a análise de sites web e Apps iOS e Android num só local, embora funcione também para os utilizadores que apenas têm um site.

O grande objetivo desta nova versão do Google Analytics é oferecer uma análise mais detalhada e universal da jornada de cada cliente, independentemente do dispositivo usado. Uma das principais diferenças relativamente ao Google Analytics Universal é que em vez de usar um modelo baseado em sessões únicas, independentemente do utilizador que as faz, o Google Analytics 4 utiliza um modelo baseado em eventos, que processa cada interação dos utilizadores como um evento autónomo.

Google Analytics Universal: modelo baseado na sessão
Google Analytics 4: modelo baseado em eventos

Esta mudança para um modelo baseado em eventos torna o Google Analytics 4 mais flexível e personalizado. Se a sua empresa utiliza um site e uma app, é importante acompanhar vários tipos de interações com cada plataforma para compreender a interação do público-alvo com a sua marca. É possível parametrizar eventos que medirão, por xemplo:

  • Cliques e Visualizações de Páginas no site;
  • Instalações e aberturas da App;
  • Envolvimento e conversão em qualquer uma das plataformas.

Este modelo baseado em eventos mede, constantemente, as interações entre dispositivos e plataformas e fornece uma visão aprimorada dos dados recebidos.

Principais benefícios da nova versão

  • Análise Omnichannel: O Google Analytics 4 permite medir, unificar e desduplicar as interações que os utilizadores têm com a sua empresa através de diferentes dispositivos e plataformas. Isso permite traçar uma visão 360º da jornada do cliente online.
  • Privacidade: A nova versão do Google Analytics 4 está alinhada com os critétios de privacidade que têm em vista os fins dos cookies e a chamada Web 3.0. O uso do machine learning no Google Analytics 4 irá ajudar a preencher eventuais lacunas de dados deixadas pela ausência de cookies.
  • Machine Learning: A utilização de Inteligência Artificial e Machine Learning irá facilitar a descoberta de insights na análise de dados do Google Analytics.

Como é que o Google Analytics 4 identifica os utilizadores?

Uma das premissas do Google Analytics 4 é a melhoria da privacidade dos utilizadores, no entanto, o Google Analytics permite identificar cada utilizador através dos diferentes dispositivos e plataformas, enquanto que na versão anterior essa identificação era feita apenas pelo dispositivo.

Na nova versão do Google Analytics a identificação dá-se de três formas e de forma sequencial:

1 – ID do utilizador (caso tenha login feito no seu site);

2 – Google Signals (dados de utilizadores com login feito no Google e que aceitaram partilhar as suas informações);

3 – ID do dispositivo.

Ao unir todas estas informações num só local e ao analisá-las de forma agregada passa a ser possível responder a questões como:

  • Quantos utilizadores únicos interagem com a sua empresa, independentemente da plataforma que utilizam?
  • Quantas conversões foram feitas na app ou no website na última semana?
  • Qual a plataforma que está a gerar mais conversões?

Passa também a ser mais simples perceber a eficácia das campanhas através das plataformas. É possível saber, por exemplo, quantos utilizadores começaram a usar a app e depois efetuaram a compra na loja de eCommerce via website.

Como saber em que versão do Google Analytics estou?

Se fez login nos últimos dias na sua conta de Google Analytics é provável que se tenha deparado com uma mensagem parecida com esta:

Google Analytics 4, Google Analytics, o que é GA4, liminal, marketing

Como indicado no aviso, a partir de 1 de Julho de 2023 será obrigatório migrar para o Google Analytics 4, uma vez que o Google Analytics Universal deixará de receber dados. Pode fazer esta migração a qualquer momento e, inclusive, utilizar as duas versões do Google Analytics em simultâneo até ao dia 01/07/2023.

Para perceber qual a versão de Google Analytics que está a usar atualmente basta consultar o ID da propriedade:

google analytics 4, google analytics, liminal, martech, marketing, marketing digital, ga4

Se a sua propriedade começar por “UA-XXXX-X” quer dizer que tem uma propriedade Google Analytics Universal, que será descontinuada. Se a sua propriedade for composta apenas por números, já pertence à geração Google Analytics 4 e não é necessário fazer a migração.

Como começar a utilizar uma propriedade Google Analytics 4: Passo a passo

Caso já utilize o Google Analytics Universal, apenas terá de adicionar uma nova propriedade de Google Analytics 4 à configuração existente. Basta ir à Administração da conta > Propriedade > +Criar Propriedade:

Google Analytics 4, Google Analytics, o que é GA4, liminal, marketing

Depois de clicar no botão para criar uma nova propriedade, aparecerá a opção de configuração da propriedade. Preencha estes detalhes e clique em Criar.

Google Analytics 4, Google Analytics, o que é GA4, liminal, marketing

De seguida, deverá configurar o fluxo de captação de dados. É neste passo que poderá associar o website e Apps iOS e Android à propriedade de Google Analytics 4:

Google Analytics 4, Google Analytics, o que é GA4, liminal, marketing
Google Analytics 4, Google Analytics, o que é GA4, liminal, marketing

Por defeito, a opção de “Medição otimizada” já estará pré-selecionada e mostra quais os eventos que o GA4 irá monitorizar por defeito num stream da Web. Se quiser poderá personalizar estes eventos.

Depois de concluir estes passos, será gerada uma nova tag de monitorização, que poderá ser instalada diretamente no código HTML de todas as páginas ou através do Google Tag Manager, que é a opção mais fácil.

Para instalar o Google Analytics 4 a partir do Google Tag Manager basta abrir esta aplicação e adicionar uma nova tag “Google Analytics: configuração do GA4” e inserir o ID da sua propriedade GA4.

Google Analytics 4, Google Analytics, o que é GA4, liminal, marketing

Depois da configuração da tag, o Google Analytics 4 poderá demorar até 24h a captar e disponibilizar corretamente os dados recolhidos. Espere este tempo mínimo para perceber se a tag está bem configurada ou não.

Garanta o sucesso com a Análise de Dados

Não basta recolher os dados, é necessário analisá-los, recolher insights e traçar estratégias para melhorar os KPI ao longo do tempo.

A Liminal é especialista em Data Analytics de Marketing e Vendas e por isso mesmo tem todos os conhecimentos necessários para, através da implementação de sistemas CRM, Automação de Marketing e Vendas e Analítica, tornar possível a recolha de dados e insights que permitam desenvolver um conhecimento profundo dos seus clientes, que simplifiquem operações e que se traduzam em experiências mais personalizadas ao longo de toda a jornada de decisão.

Descubra agora como podemos ajudar a sua empresa.

Falar com especialista, Liminal, data analytics, análise de dados
Feedback
5 de 5 estrelas. 1 votos.
O meu feedback:

Leave a Reply